Projeto horta eletrônica


Luziângela Cornelsen de Queiroz Telles
Escola Lápis de Cor
Brasil
escola@escolalapisdecor.com.br - lapisdecor@zipmail.com.br
Roseli Stresser 
Escola Lápis de Cor
Brasil
escola@escolalapisdecor.com.br - lapisdecor@zipmail.com.br

Resumo

O Projeto "Horta Eletrônica", trata da utilização da Internet na Educação Infantil, onde os alunos trocaram informações sobre o plantio de hortaliças com alunos de escolas do Brasil, USA, Austrália e Itália, propiciando intercâmbio entre as diversas realidades escolares, além da realização de experiências, trazendo a Internet para uma realidade concreta dos alunos, uma vez que o projeto está destinado a crianças na faixa etária de 06 anos, sendo assim dentro do estádio Pré- operatório, onde para desenvolver suas potencialidades, o contato com o concreto faz-se indispensável.
 

1 - Introdução

O Projeto Horta Eletrônica foi realizado em uma escola particular de educação infantil, que atende a 170 crianças, com idades entre 0 e 06 anos. Instalada em uma chácara de 10.000m², com muita área verde, pequenos animais como galinhas, patos, coelhos e outros, com os quais os alunos desenvolvem muitas atividades, como a vivência do cuidado com a alimentação dos animais, construção de ninhos e etc. A escola oferece a seus alunos várias "aulas especiais", como inglês, ballet, judô, culinária, natação, futebol, sapateado, horta e informática. O contato com a natureza e a educação ecológica, sempre estiveram presentes na proposta da escola, que sempre obteve uma resposta muito positiva dos alunos e dos pais neste sentido. Assim o cultivo de hortaliças, onde os alunos acompanham todas as fases desde o plantio das sementes até a colheita é, sem dúvida, uma das atividades preferidas por eles, que consomem parte deste produto nas aulas de culinária, e o restante é levado para casa nos dias de colheita. Desde a instalação da internet nos computadores da escola, em julho de 1.996, percebeu-se um claro interesse dos alunos sobre o assunto, que passaram a trazer espontaneamente para a escola endereços de "sites" que elas encontravam em revistas, embalagens, adesivos, os quais eles achavam interessantes, como a "home-page" de personagens infantis, de apresentadoras de programas infantis e que foram acessados pelos alunos nas aulas de informática ou em outro horário que a professora achasse conveniente, apenas como "curiosidade", o que para nós é o primeiro passo para o início de qualquer trabalho na educação infantil. Em 1.997 iniciamos o trabalho com Projetos na escola. O interesse demonstrado pelos alunos com a internet, e as possibilidades, quase que infinitas, de trabalhar-se os conteúdos propostos para a turma de Jardim III com este recurso, nos levaram a combiná-lo com uma das atividades preferidas dos alunos, a horta, para a criação do PROJETO HORTA ELETRÔNICA, que consistiu na troca de e-mails, entre os nossos alunos e alunos de escolas do Brasil e de outros países como Estados Unidos, Itália, Alemanha e Austrália, a respeito do plantio de hortaliças. O projeto Horta Eletrônica, que teve 04 meses de duração, iniciou-se em 01 de agosto de 1.997, no 2O semestre do ano letivo, e estendeu-se até 26 de novembro do mesmo ano, com a classe de Jardim III, que contava com 12 alunos com a idade de 06 anos completos e que estavam em pleno processo de alfabetização.
 

2 - Justificativa

Tivemos por objetivos principais para a realização do Projeto Horta Eletrônica:
 

  • Ampliar conhecimentos;
  • Despertar a conscientização das crianças para a conservação do meio ambiente;
  • Perceber a importância do computador como ferramenta de comunicação;
  • Criar um ambiente onde a criança seja participativa nas atividades nele desenvolvidas;
  • Orientar o uso do solo, recursos hídricos, vegetais e animais de maneira racional;
  • Trabalhar conceitos como biodegradável, reciclável e qualidade de vida;
  • Ensinar noções de horticultura;
  • Propiciar intercâmbio com realidades escolares de diversos países;
  • Desenvolver hábitos e atitudes dentro de um projeto de investigação científica;
  • Despertar a observação, o raciocínio e a curiosidade da criança;
  • Propiciar um aprendizado dos conteúdos pertinentes à classe de Jardim III de forma lúdica, utilizando-se de recursos pedagógicos modernos e atraentes às crianças.

  •  

     

    Entendemos que nos dias de hoje a Internet oferece-nos um mundo de informações que terão maior ou menor valor de acordo com nossos objetivos de pesquisa. Esta ferramenta traz como proposta ser dinamizadora e otimizadora do processo de construção do conhecimento, dentro e fora da sala de aula. A Internet vem transcendendo as portas das salas de aula e invade os planos de aula dos professores, consolidando assim a escola como provedora de real conhecimento. Partindo deste princípio percebemos que este era o momento para inserir o uso da Internet em nossa escola, contudo precisaríamos estar em sintonia com a realidade de nossos alunos, trazendo a Internet para uma realidade concreta deles, uma vez que o projeto está destinado a crianças na faixa etária de 06 anos, sendo assim dentro do estádio Pré- operatório, onde para desenvolver suas potencialidades, o contato com o concreto faz-se indispensável. A fusão entre a Informática, a internet e a Horta, nos pareceu ser a forma mais adequada de concretizar nosso projeto, uma vez que a Horta sempre fez parte da realidade de nossos alunos. No nosso trabalho com o cultivo e plantio na Horta os alunos põem em prática tudo que aprenderam em sala de aula, pois entendemos que a natureza é um material riquíssimo para o ensino-aprendizagem de todas as áreas, já que a criança explora o mundo em que vive de maneira integral, sem fragmentá- lo. Na realização de experiências envolvendo o crescimento das plantas, importância da luz, dos tipos de solo, da água, formando hábitos em relação ao ecossistema do qual a criança faz parte, acreditamos que ela, "brincando de cientista", poderá crescer, senão, um cientista do século XXI, ao menos como um cidadão crítico e consciente de que a vida em nosso planeta depende do esforço de cada um e todos em conjunto.
     

    3 - Procedimento metodológico

    Como primeira tarefa foi conversado com os alunos sobre o plantio de hortaliças e também sobre a internet, procurando saber o que sabiam sobre o assunto.

    Partindo desta conversa e dos questionamentos levantados pelos alunos, foram mandados para casa alguns temas para pesquisa:
     

  • De onde vem as verduras e legumes que comemos?
  • Quais os cuidados que devemos Ter no cultivo de verduras e legumes?
  • O que é internet?
  • Como a internet poderá nos auxiliar em nosso projeto?

  •  

     

    Com o resultado da pesquisa, trabalhamos os itens que nela estavam presentes, com a participação efetiva dos alunos, montando um quadro onde poderia ser visualizado – "O que sabemos", onde foi transcrito tudo que eles sabiam sobre horta e internet,- "O que queremos saber"- onde foram colocados os temas para pesquisa e "O que descobrimos"- sobre o assunto em questão, onde foram expostas todas as pesquisas que os alunos trouxeram de casa. O passo seguinte foi convidar algumas escolas para serem nossas parceiras neste projeto. Os alunos tiveram, então, seu 1* contato com a internet, enviando e-mails, previamente escolhidos pela equipe pedagógica, para algumas escolas brasileiras. O Projeto Horta Eletrônica foi hospedado, pela equipe pedagógica da escola, no IECC - Intercultural E-Mail Classroom Connections -, que é uma organização Norte-americana que tem como objetivo principal auxiliar professores a procurar parceiros ao redor do mundo, para um intercâmbio cultural através de e-mail. Assim escolas de todo o mundo tiveram acesso e puderam entrar em contato com nossos alunos, querendo participar auxiliando em nossas pesquisas e experiências. O texto para o envio dos e-mails era previamente discutido em classe pelos alunos e pela professora, que posteriormente transcreviam no computador, após terem acessado a Internet. Todo o processo para o acesso à Internet e transcrição era feito pelos alunos, além da leitura dos e-mails que eram recebidos. Os e-mails recebidos de outros países eram traduzidos pela diretora e pela professora aos alunos, que no início estranharam não conseguirem entender o que estava escrito, pelo fato de estarem na língua inglesa. Os e-mails enviados para outros países eram antecipadamente traduzidos para o inglês pela equipe pedagógica. Escolhidos os parceiros iniciamos o plantio em nossa horta: Inicialmente fizemos o cultivo de sementes de alface em "copinhos", para posterior transplante no solo. Em suas pesquisas, e na troca de e-mails, os alunos perceberam que o solo deveria ser preparado antes do plantio, assim revolveram a terra, preparam adubo orgânico e fizeram uma série de caçadas às minhocas existentes na escola, para colocá- las na horta, pois a importância do adubo e do humus (produzido pelas minhocas) para o desenvolvimento das plantas foi tema bastante discutido em classe. Adubo orgânico foi tema de e-mails, onde se procuravam "receitas" deste tipo de adubo, que foram prontamente respondidos pelas escolas participantes. Outra descoberta interessante foi que ao redor da horta deveria ser plantado hortelã, pois isto afastaria formigas, que poderiam prejudicar a horta. Uma das atividades preferidas pelos alunos era a caça às minhocas, e na troca de e-mails com outras escolas os alunos souberam que existiam "Minhocas Californianas", que são vermelhas e maiores que as minhocas encontradas no jardim. A equipe pedagógica providenciou um passeio à um "MINHOCÁRIO", onde os alunos puderam conhecer de perto estas minhocas. Com o solo preparado, iniciamos o plantio na horta transplantando o alface e plantando beterraba, mostarda, mellissa, malva, puejo e ponto alívio. Os alunos, a partir de um aquário, construíram um ‘TERRÁRIO", que teve por objetivo relacionar as formas de vida no ambiente através da observação de seus hábitos e alimentos, compreendendo que cada ser ocupa seu espaço e tem um papel a desempenhar. Esta experiência foi realizada da seguinte forma:
     

  • Em um aquário grande colocamos pedrinhas no fundo, que foram cobertas por areia, terra e humus.
  • Plantamos sementes e mudinhas de plantas.
  • Tampamos o aquário.

  •  

     

    Durante todo o período que durou o projeto, as crianças puderam observar, discutir e estabelecer conclusões sobre o equilíbrio ou desequilíbrio ecológico em nosso planeta, a partir das observações ou problemas que surgiam no terrário. A participação de toda a escola neste momento foi muito concreta, pois alunos de todas as turmas traziam "bichinhos" que encontravam em casa ou na escola e levavam para o terrário do Jardim III. Foram levantados alguns questionamentos neste momento:
     

  • Os bichinhos e plantinha irão sobreviver?
  • Do que eles precisam para viver?
  • Como o ar se renova?
  • Como a água circula no terrário?

  •  

     

    Com as observações os próprios alunos responderam, aos poucos, todos estes questionamentos, pois perceberam que a vida aconteceu dentro do aquário, as plantas desenvolveram-se e os bichinhos sobreviveram comendo as plantinhas, que renovavam o ar (dado conseguido através de pesquisa) e a água que evaporava formava gotículas na tampa do terrário que posteriormente caiam novamente na terra.(chuva)

    Paralelamente foram feitas outras experiências como:

    1. FLOR COLORIDA: Os alunos colheram 03 flores conhecidas como "Copo de Leite", que foram colocadas em 03 vasos transparentes e distintos. O primeiro continha água pura, o segundo continha corante azul e o terceiro corante vermelho. Com esta experiência observaram como as plantas realmente bebem a água, pois no primeiro vaso a flor continuou da mesma cor, no segundo vaso a flor ficou da cor azul e no terceiro a flor ficou da cor vermelha.

    2. TIPOS DE SOLO: Os alunos plantaram sementes de alpiste em diferentes tipos de solo, como: algodão, esponja vegetal e terra e perceberam que a mesma semente pode se desenvolver em diferentes tipos de solo.

    3. IMPORTÂNCIA DA LUZ: Os alunos plantaram em 03 recipientes sementes de alpiste. O primeiro foi deixado na bancada em frente a uma janela, o segundo foi deixado na mesma bancada, mas com uma caixa totalmente fechada, por cima, e o terceiro foi deixado na bancada, coberto por uma caixa que continha um pequeno furo no canto. Com o tempo perceberam que a primeira semente desenvolveu-se verticalmente (para cima), a Segunda semente não se desenvolveu e a terceira semente desenvolveu-se em direção ao furo, por onde passava a luz.

    4. TRANSFORMAÇÃO DA MATÉRIA:
     

  • Evaporação: Os alunos coletaram água da chuva e, em outro dia, a colocaram em um prato raso com sal. Perceberam que a água evaporou e ficou apenas o sal.
  • Ovo de borracha: Mergulharam um ovo de galinha, por duas semanas, em um vidro com vinagre branco. A casca amoleceu e o ovo ficou parecendo uma borracha.
  • Cinzas: Os alunos, auxiliados pela professora, queimaram um pedaço de papel e observaram a formação das cinzas.
  • Carvão: Da mesma forma que o papel, queimaram um pedaço de madeira que se transformou em carvão.
  • Suor: Foi colocado sobre as folhas de uma plantinha, um saco plástico transparente e os alunos observaram o suor que a planta elimina.

  •  

     

    5. EXISTÊNCIA DO AR: Enchendo bexigas, sacos de papel fazendo bolhas de sabão, os alunos perceberam a existência do ar.

    Após a visita ao minhocário, os alunos montaram o MINHOCÁRIO DO JARDIM III, onde puderam observar a produção de humus e a importância das minhocas para a conservação do solo, uma vez que, a partir dos túneis que são escavados por elas o solo torna-se mais arejado beneficiando as raízes das plantas, e como elas não comem todas as folhas e matérias orgânicas que puxam para dentro da terra, ajudam a enriquecer o solo e melhorar as condições de crescimento das plantas. Para isso as crianças utilizaram-se de um pote plástico transparente, que foi preenchido com camadas alternadas de terra e areia, borrifando cada camada. Com cerca de metade das camadas preenchidas, foram colocadas as minhocas, previamente caçadas por eles. Na última camada foram colocadas folhas secas e o pote foi coberto com plástico preto para que as minhocas ficassem no escuro. Após 7 dias os alunos abriram o plástico e observaram os túneis escavados pelas minhocas. No último e-mail enviado às escolas os alunos mandaram junto uma foto da turma na horta.

    Tivemos a colaboração das seguintes escolas no projeto:

    1. Colégio Dom Bosco – Curitiba – Paraná – Brasil
    2. Colégio Jean Piaget – São Paulo – S. Paulo – Brasil
    3. Colégio Anhembi Morumbi – São Paulo – S. Paulo – Brasil
    4. Vinnie Hill Elementary – Estados Unidos
    5. Risley Learning Center – Estados Unidos
    6. Southwestern Elementary School – Estados Unidos
    7. Invergordon Primary – Austrália
    8. Scuola Elementare Bruno Ciari – Itália

    Nas atividades para preparação da horta, no envio de e-mails e nas experiências realizadas, conciliamos a observação, com as seguintes propostas de trabalho:
     

  • Em Linguagem:Linguagem oral e gestual Ampliação do vocabulário Literatura: Interpretação de texto Ilustração de texto Dramatização Análise e pesquisa de figuras e gravuras Nomeação verbal de elementos Representação simbólica Pesquisa em livro Reprodução oral: Canto de melodias Treino da leitura e escrita Produção de Texto Contato com outra forma de linguagem, o inglês.
  • Matemática: Quantificação Cores Formas Tamanho Traçado de figuras planas Adição Subtração Medidas do tempo Estrutura Topológica: Classificação e ordenação Estrutura de classe: Relação de pertinência Classificação segundo um atributo Função social do número Simbolização Estrutura do número: Conceito de número Agrupamentos Comparação de quantidades Contagem Formação de conjuntos
  • Descobertas sociocientíficas:
  • O Indivíduo e suas Necessidades básicas: Alimentação Tipos de alimentos O Indivíduo e o Ambiente: A água no ambiente Os seres vivos Preservação ambiental Origem dos alimentos consumidos por nós Plantas – abordando: Partes das plantas, respiração das plantas, utilidade das ervas medicinais Adubo – sua função e importância. Animais – abordando: Animais de jardim, alimentação, reprodução e habitat. Ambiente – abordando: Tipos de solo, proteção do solo, equilíbrio ecológico, cadeia alimentar, época de plantio das sementes. Água – sua transformação e importância Ar – sua existência, importância das plantas para sua purificação, importância para a vida das plantas. O Indivíduo e a Organização Social: Integração sócio comunitária Higiene Pessoal e do ambiente Relações de parentesco Usos, costumes e tradições O Indivíduo e o Meio: Profissões Meios de transportes Vestuário O Planeta Terra como nossa moradia

  • Condutas Psicomotoras: Simbolização Desenho livre Composição Destreza manual Criação de desenho Percepção Tátil Mobilização segmentária manual-digital
  • Em higiene: Importância de uma alimentação saudável. Para o encerramento do Projeto Horta Eletrônica, os alunos, junto com a professora, organizaram uma exposição, de 02 dias, com todos os passos do projeto, mostraram os e-mails recebidos e enviados, explicaram as experiências que foram realizadas, expuseram fotos de todo o processo, encenaram uma peça teatral entitulada "O Teatro dos Vegetais", onde contavam a utilidade das plantas medicinais e fizeram, em conjunto, com todos os alunos da escola, a colheita das verduras, legumes e ervas medicinais que foram plantadas durante todo este período. Esta exposição contou com a presença de pais de alunos de todas as classes da escola, dos alunos, da equipe e da imprensa local que acompanhou todos os passos desta exposição, que foi veiculada pela TV Bandeirantes e Jornal Gazeta do Povo. Com esta exposição os alunos demonstraram toda a sua aprendizagem com uma linguagem própria, utilizando-se de sua oralidade e gestos para descrever suas experiências e impressões sobre a realização do Projeto Horta Eletrônica, pois foi lhe propiciado condições de aprender coisas novas, com a colaboração da professora, dos pais e da interação com os colegas, a partir de uma situação real vivida por eles, e não por imposição de memorização de conteúdos, garantindo assim a aquisição do conhecimento de forma significativa e prazerosa.

  •    
     

    4 - Avaliação

    “Quando não sabe aonde se quer chegar, qualquer caminho serve.” Lewis Caroll. Uma das perguntas que todos se faziam ao iniciar o Projeto Horta Eletrônica, era como se dará a avaliação? Como saberemos se o aluno apropriou-se ou não do conhecimento? Estes questionamentos também aconteceram por ser este um dos primeiros trabalhos realizados na Escola, dentro da proposta de trabalho a partir de projetos. A Avaliação na escola implica no uso de atributos que expressem os resultados da aprendizagem, seja em uma escala numérica, de graus ou por meio de adjetivos que classificam.

    Entendemos que a Avaliação é muito mais complexa, especialmente porque nesta fase do desenvolvimento, e da aprendizagem em que encontram-se nossos alunos, não há acertos a considerar, mas processos a acompanhar e resultados a observar.

    Optamos por um formulário de registro semanal.

    Este formulário teve como objetivo registrar, no dia-a-dia, o desenvolvimento da turma. Com esse registro diário, a professora pode avaliar sua prática pedagógica e repensar nos procedimentos utilizados e nas mudanças, se necessário fosse.

    Esta avaliação proporcionou a possibilidade de acompanhar o desenvolvimento dos alunos.

    A cada etapa do projeto trabalhado, observou-se o avanço dos alunos, avaliando a participação deles nas atividades, confecção de materiais, nas pesquisas, ou em outras atividades propostas.

    Esta avaliação era inerente ao processo ensino-aprendizagem, portanto não se dava “periodicamente” mas, sobretudo, era o próprio processo. Teve como referência a análise do grau de apropriação dos conteúdos em uso. Sua realização deu- se na prática do que foi ensinado e seu registro e acompanhamento advém de critérios decorrentes dos conteúdos que foram trabalhados.

    Ao final do Projeto Horta Eletrônica, todos os alunos participantes, haviam adquirido a leitura e escrita de uma forma natural. Sem utilização de material pedagógico complementar, como livros ou apostilas, apenas trabalhando nas atividades propostas pelo projeto.

    E para nós, o mais importante, percebemos crianças de 06 anos, pesquisando, buscando conhecimento, questionando, criando, de uma forma autônoma e organizada.

    Este trabalho recebeu o “Prêmio de Excelência Pedagógica” no III Educresce – Educação para o Crescimento – sendo considerado um dos 15 melhores trabalhos em uma seleção de 150 inscritos, em São Paulo, SP , Brasil.
     

    5 - Bibliografía

    ANEXOS

    I - E-MAILS ENVIADOS E RECEBIDOS: Exemplos de e-mails enviados pelos alunos:

    oi nos começamos a horta eletrônica! aqui na nossa escola temos um campo com árvores e gramados com 10.000m. temos galinha, galo, coelho e pato. hoje vamos plantar alface. vocês já plantaram alguma coisa? Allan, arthur, mariane, bruna, thiago, philipe, jessica, marcelo, lucas, douglas e o luis fernando não veio para escola hoje!

    **Este texto foi escrito pelos alunos do Jardim III


    OI,COLEGAS! NOS JA PLANTAMOS ALFACE EM COPINHOS, REGAMOS TODOS OS DIAS. COLOCAMOS ADUBO ORGANICO NA TERRA. NESTA SEMANA IREMOS TERMINAR DE PREPARAR A TERRA PARA TRANSPLANTAR A ALFACE E PLANTAR CENOURA E BETERRABA. GOSTARIAMOS DE SABER COMO É FEITO O ADUBO QUE VOCES UTILIZAM PARA ADUBAR A TERRA. GUILHERME,MARCELO,ALLAN,LUIS FERNANDO,PHILIPE,MARIANE,ARTHUR,BRUNA,LUCAS, JESSICA,THIAGO E DOUGLAS QUE FALTARAM. oi,amigos: Foi muito bom nos comunicar com vocês. Nós já plantamos alface,beterraba,mostarda e algumas ervas medicinais. A nossa horta esta ficando linda, já estão brotando a alface e a beterraba. Nós molhamos com freqüência a nossa horta. Mas tem um mato que nasce no meio da nossa horta e já estamos cansados de arrancá-los ,vocês tem alguma sugestão para acabar com o mato? ABRAÇOS: MARCELO_GUILHERME-PHILIPE-MARIANE-ARTHUR-ALLAN-BRUNA-LUIS FERNANDO-TIA ROSELI


    OI AMIGOS BOA TARDE NOSSA HORTA ESTA CRESCENDO NA PROXIMA SEMANA IREMOS FAZER UMA COLHEITA DAS VERDURAS E ERVAS MEDICINAIS QUE PLANTAMOS VAMOS FAZER UMA EXPOSIÇÃO DO NOSSO PROJETO HORTA ELETRONICA JUNTAMENTE COM NOSSAS ATIVIDADES E EXPERIENCIAS. ESTAMOS ENVIANDO UMA FOTO NOSSA . FOI MUITO BOA A PARTICIPAÇÃO DE VOCES EM NOSSO PROJETO. APROVEITAMOS A OPORTUNIDADE PARA CONVIDA-LOS PARA A NOSSA EXPOSIÇÃO QUE SERA NOS DIAS 20 E 21 DE NVEMBRO. BEIJOS... THIAGO, MARCELO, GUILHERME, MARIANE, JÉSSICA, BRUNA, PHILIPE, LUIZ FERNANDO, ARTHUR E TIA ROSEL


    Exemplos de e-mails recebidos pelos alunos: Olá, amiguinhos! Nós aqui aprendemos a fazer a COMPOSTAGEM, que é preparada com matéria orgânica e que contém muitas vitaminas para as plantinhas. Para fazer é muito simples: vocês só precisam de garrafas de refrigerante descartáveis com as duas extremidades cortadas, terra, folhas secas, cascas de legumes e / ou frutas, casca de ovos, grama restinhos de pão, uma "pazinha" e água. Façam furos nas garrafas, em toda a sua volta e a coloquem direto no solo. Alternem as camadas de terra e matéria orgânica, até encher as garrafas. Molhem todos os dias para que essa mistura fique sempre úmida. No verão a compostagem estará pronta para ser usada como adubo em mais ou menos 1 mês, mas no inverno demora uns 3 meses. Não deixem de observar que a terra ficará pronta para ser usada como adubo em mais ou menos 1 mês, mas o inverno demora uns 3 meses. Não deixem de observar que a terra ficará bem preta dentro das garrafas que insetos e minhocas entrarão em ação. Esta receita foi elaborada pelas crianças do JARDIM III, baseada nas suas experiências. Aguardamos novos contatos. Pré-Escola DOM BOSCO DOM BOSCO


    Obrigada pela foto enviada. Ficou muito bonita! Foi escaneada normalmente ou utilizaram outro tipo de ferramenta para isso? Gostaríamos muito de ter participado ativamente do projeto de vocês, quem sabe no próximo ano, não é mesmo? Infelizmente não poderemos ir a exposição, mas de qualquer forma obrigada pelo convite! Escrevam sempre! Abraços Marcia Marques Coord. de Informática


    To: ldecor@staffnet.com.br From: Patty Blume Status: Date: Sun, 28 Sep 1997 08:30:21 To: 1decor@staffnet.com.br From: Patty Blume Hi, These are the responses from my students. 1. Where do the veggies we eat come from? the farm.....a garden.....seeds.....store In our area we grow corn, tomatoes, peppers, onions, peppers sweet potatoes, and lettuce. These are grown mainly on family farms. 2. What kind of care must we take when we plant them? water often...have good soil...get lots of sun...pull the weeds 3. What is internet? a net a way to send people letters and names a communication to the world a computer a computer network email a way to learn a lot 4. How can internet help in the project? You can go to places on the internet where there is information Good Luck! Patty Blume 3rd Grade Teacher Southwestern Elementary School Hanover, IN 47243 (812) 866-6200 (O) (812) 866-3705 (H) swelem@Hanover.edu